3 de maio de 2013

DJ Master Piece Hip-Hop Chora mas Resiste

faço minhas as palavras de Thiago
" Hoje é o dia, em que ao amanhecer, as agulhas não riscaram os discos.... dia em q as pick-ups continuaram guardadas em suas caixas....dia em que os amplificadores silenciaram, sem o peso dos graves, sem as colagens de faixas, a musica amanheceu triste... e a favela de luto.... do samba-rock ao hip-hop....a musica perde, a familia perde, nos, amigos perdemos.... seus scratchs não serāo mais o nosso entertenimento....sua mão não girou o disco hoje irmão... te conhecer foi a maior satisfação....fazer um som ao seu lado, ter vc como amigo, irmão, parceiro, são coisas q nuna terão preço.... fica na memória os bons momentos, as ideias trocadas, os conselhos....qdo ninguem acreditava, vc pegou no meu braços, olhou em meus olhos e disse: " mano, vai pra cima, vc é bom, o trampo tem qualidade, eu sei do q to falando..." não me recordo se te agradeci, mas o q me resta são lembranças, do seu humor, do seu jeito humilde de ser, palavras são palavras, o q vale é o sentimento, meu brother, parceiro, descanse em paz....minhas lagrimas não se sessam, e nunca vão conseguir remediar a dor de sua perda, Dj Reginaldo Masterpiece, é tudo nosso irmão, nada apagará a historia da sua espetacular e humilde existencia......" (Thiago)

20 de abril de 2013

O EC Favel comemora 10 anos

desde 1993 incentivando a pratica ao esporte, ao gosto por um bom samba, a interpretação do bom rap. AMIZADE - HUMILDADE - COLETIVIDADE Nós é FAVELA

25 de agosto de 2012

Tamois 0 x 2 Favela


O time do Favela consegue mas uma vitória jogando fora de casa.
O jogo deste sabado foi em São Caetano do Sul, Na rua São Paulo;

Vencemos o Jogo pelo placar de 2 a 0.

Parabens a toda EQUIPE

19 de agosto de 2012

Favela fica só no empate jogando no Calux

O Esporte Clube Favela jogou neste final de semana no Campo do calux em São Bernardo do Campo, e não saiu do 0x0 contra o time do Calux.

FAVELA 0 x 0 CALUX

10 de agosto de 2012

Paulistano 2 x 3 Favela

Jogo realizado no sabado 11/08

as 15:30

No Campo do Bahia

em Diadema - SP

Nego, Nisio, Jefferson, Farinha, Ronaldo, Toquinho, Ney, Lango (1), Beiço, Rafinha, Rodrigo (1), Daniel, Talison, Flavio (1), Charles, Roni

28 de julho de 2012

Jerusalem 2 x 1 EC Favela

O esporte clube Favela foi jogar em São Bernardo do Campo contra o time do Jerusalem, e apesar de desfalques na zaga e no meio de campo, o time iniciou bem a partida, e teve várias oportunidades de gols perdidas.

O Time que foi a campo com: Ilton, Jefferson, Nisio, Farinha, Call, Ney, Toquinho, Beiço, Lango, Rodrigo e Flavio. No banco de reservas Rafael, Talison, Willian e Novato Perdeu o jogo por 2x1.

O gol do Favela foi marcado de penalt por Beiço no segundo tempo.

21 de julho de 2012

Favela 0 x 0 Vila Livieiro

O Esporte Clube Favela só ficou no empate jogando contra o time Vila Livieiro no campo do Cruzeirinho.
O Time foi a campo com
  1. Nego
  2. Nisio
  3. Farinha
  4. Ronaldo
  5. Call
  6. Jefferson
  7. Rafael
  8. Ney
  9. Flavio
  10. Beiço
  11. Toquinho
  12. Zaga Novo
  13. Binho
  14. Rodrigo
Talisson / Terno

O Favela foi superior o tempo todo, mas não conseguiu marcar, e ainda teve um Penalte não marcado a seu favor e um jogador expulso no inicio do segundo tempo.

16 de julho de 2012

Esporte Clube Favela por Dinha

por Dinha - 12/10/2010
Parque Bristol | SP

Como tudo começou
O Esporte Clube Favela foi criado em abril de 2003 por um grupo de moradores do Parque Bristol que, às sextas-feiras, gostava de se reunir para disputar um bom “rachão”. Com seu uniforme estiloso, o time pode até não acumular tantos troféus, mas, curiosamente, vendeu milhares de camisas.

Em 7 anos, o número de peças vendidas (sem levar em conta os conjuntos de agasalhos e acessórios), chega ao invejado número de 3.836. A média de 548 camisas por ano, ao preço médio de R$40,00, parece uma façanha incomum em se tratando de um pequeno time de várzea, e não de uma loja de roupas.

As primeiras 30 camisas foram lançadas em 2003. Durante a festa de aniversário de um ano do time, em 2004, foi lançado o segundo modelo de uniforme, junto com novas camisas de torcida. Com esse novo modelo, o time atingiu a marca de mil camisas vendidas . A partir daí, a marca “Favela” – ainda sem registro oficial – começou a se espalhar não apenas no bairro, mas também em outras cidades, estados e até outros países, como Itália, EUA e Uruguai.

O preço das camisas é condizente com a boa qualidade do produto. As roupas do Favela costumam durar anos e, sob encomenda, ainda vêm personalizadas, com o nome do comprador impresso, ao gosto do freguês.

Pensando no público que não pode pagar por uma camisa deste preço, ainda que seja o de custo, em 2005 foi lançada uma nova leva. Esta última mantinha as cores e procurava manter a qualidade da roupa, mas modificava o tipo de tecido – o que barateou os custos. De lá para cá, vários outros modelos foram lançados, todos com bastante aceitação, bastante sucesso. Para 2010, está previsto ainda o lançamento de um modelo infantil e outro exclusivamente feminino.

Três razões para o sucesso
De acordo com Maciel Mota de Almeida, o Terno, 33 anos, integrante do grupo de rap Pânico Brutal e presidente do Favela, o sucesso na venda das camisas se deve a vários fatores. Em primeiro lugar, a questão estética: são camisas bonitas e de boa qualidade. Além disso, foram pensadas, estrategicamente, para agradar ao público periférico.

Assim, a escolha dos modelos não é feita aleatoriamente e todos os membros do time, e até mesmo da torcida, participam da sua criação. As pessoas opinam sobre a disposição das cores (preto, laranja e branco), sobre qual o melhor tecido, o mascote da vez, etc. A escolha do símbolo, por exemplo – bem simples, para que qualquer um possa reproduzi-lo – e o lema do time (futebol, rap e samba), também é obra coletiva. E nem é por acaso também que o time se chama Favela, já que todos os seus jogadores moram no complexo de favelas que compõem a geografia do Parque Bristol e arredores.

O segundo grande motivo para que tantas pessoas, literalmente, vistam a camisa do Favela é o fato de a equipe ser bem vista pela torcida e pelas outras pessoas em geral. Isso porque, afirma Terno, o elenco é simpático, o time tem uma política interna pacificadora e joga bem, apesar de viver tempos de “vacas magras, de vez em quando”. Mas este não parece ser o caso atual, pois, até agosto, o time havia perdido apenas 5 dos cerca de 20 jogos disputados em 2010.

Uma terceira e forte razão para a boa saída das vestimentas com o nome do time parece ser o “detalhe solidário”. As roupas são vendidas a preço de custo. Não há lucro decorrente deste incipiente comércio.

“O lucro vem em forma de marketing”, diz Terno. “Quem banca o time é a diretoria. Nem mensalidade nós cobramos. Quando precisamos de mais dinheiro do que diretoria pode bancar, fazemos bingo, rifas e excursões”.

Orgulho
Mas se o preço, a simpatia dos jogadores e o fato de serem criadas intencionalmente para agradar a periferia, explicam o sucesso nas vendas, nada disso explica a coragem de tantas pessoas em usar uma vestimenta que as ligue à classe mais pobre, mais marginalizada e menos valorizada da nossa sociedade.

Isso faz crer que talvez o motivo maior desse pequeno fenômeno de venda esteja relacionado ao orgulho de pertencer a uma classe, a um time de gente que, apesar das péssimas condições de vida, encontra na auto-organização, no apoio mútuo, a força para prosseguir de domingo a domingo, jogo após jogo, em busca de vitória e melhores dias.

Unidos pela Força da Amizade – UFA!
“Ei, você aí!
Não adianta nem brigar
Que a UFA vai correr.
UFA!”

O grito de guerra sela o acordo e reforça, com humor, uma das características mais importantes e prezadas pelo time e pela torcida organizada do Esporte Clube Favela (a Unidos pela Força da Amizade – UFA): a união para o bem comum, a proibição de brigas e confusões de todo tipo, o colocar em jogo a paz, só para tê-la como troféu no final de cada jogo, regado a rap, samba, refrigerante e cerveja, para quem goste.

Nem todos os que querem podem pertencer à UFA. Já havia sido assim com a primeira leva de camisas do time: As 30 primeiras foram vendidas apenas a poucos amigos e familiares, para evitar que o nome do time fosse identificado com a criminalidade e causasse problemas aos jogadores. Assim, quem não jogasse de acordo com as regras era expulso do time. No caso dos torcedores, estes eram impedidos de comprar a camisa. Hoje, qualquer um já pode comprá-la pronta ou encomendar a sua, mas, com a UFA, ainda valem as regras antigas. “É uma questão de segurança para os jogadores e torcedores”, afirma Terno.

Além do futebol
A auto-organização para fins diversos, inclusive o lazer, não é novidade em lugar nenhum, e muito menos nas periferias das grandes cidades brasileiras. São testemunhas disso o sem número de grupos musicais de todos os ritmos, os grupos de teatro amador, de dança, as crews, as posses, os núcleos culturais e políticos, as associações de moradores e os muitos e diversos movimentos populares que pululam em quase todos os lugares onde o Estado particularmente deixa suas lacunas.

Os times de várzea, assim como tantos outros movimentos populares, preenchem algumas desta lacunas. Eles alimentam, em milhões de meninos, o sonho de ser um grande atleta e funcionam, na prática, como uma verdadeira escola onde se pode aprender e treinar as habilidades necessárias para “correr atrás” dos seus sonhos. Além do que, funcionam como válvula de escape para pais de família que preferem protagonizar o jogo, ainda que como torcida, ao invés de apenas figurar como (tele)expectador.

Por fim, embora na maioria dos casos os times de várzea careçam de formação e objetivos políticos transformadores, eles oferecem algum paliativo neste horizonte com pouca notícia da revolução.

O Favela, por exemplo, além do "futebol, rap e samba", que compõem o seu lema, tem a pretensão de ser um agente e um espaço de valorização da periferia e de suas manifestações culturais. Assim, além do futebol e da confraternização (com rap, samba, cerveja e refrigerante) semanal, o time promove ainda excursões (que promovem o lazer e, de quebra, ainda reforçam o caixa do time) e mantém uma "bateria" que, em breve, deverá se tornar bloco carnavalesco. O Favela promove ainda, em determinadas épocas do ano, bailes de rua onde podem se apresentar os músicos do bairro.

Perguntado se o Favela vai se tornar grife, Terno responde que sim, que este é um desejo que está no horizonte do time, assim como pretendem conquistar um patrocinador que não queira mudar o caráter do clube. Mas essas coisas, segundo ele, não são o principal. O principal já está acontecendo. O time se mantém em campo. A favela está na área.

5 de julho de 2012

O Esporte Clube Favela jogara neste Domingo em casa.


Sempre jogando em campo do adversário, o EC Favela enfrentará neste domingo as 14 horas na Praça de Esporte Pereirão no Parque Bristol o time dos Netos de Messias.

A torcida terá a oportunidade de acompanhar de perto este time formado por guerreiros natos, que se desdobram em campo para honrar a camisa deste time que tem mas de 3 Mil camisas espalhadas Brasil a fora.

Compareça a nossa Praça de Esportes Pereirão para assistir o jogo

FAVELA X NETOS DE MESSIAS

Data:08/07

Hora: 14:00

Local: PQ Bristol Praça de Esportes Pereirão



30 de junho de 2012

Favela 2 x 4 ADV

O faleva foi até a Salim Farah Maluf e perdeu o jogo pelo placar de 4 x 2, sem um tecnico, o time improvisou e saiu na frente no placar no no começo do jogo, mas depois sem comando fora de campo, o time que ficou mal posicionado acabou sofrendo a virada.
  1. Nego
  2. Nizio
  3. Noio
  4. Farinha
  5. Call
  6. Ney
  7. Zé Roberto
  8. Ronaldo
  9. Toquinho
  10. Beiço
  11. Binho
  12. Rafa
  13. Flavio
  14. Chagas

24 de junho de 2012

Santa Maria 0 x 3 Favela

O jogo terminou com 10 minutos de antecedência por que escureceu muito o dia.
O time que jogou:
  1. Rubinho
  2. Nisio
  3. Farinha
  4. Neguinho
  5. Ney
  6. Noio
  7. Toquinho
  8. Call
  9. Beiço (1)
  10. 11 Binho (1)
  11. Lango
  12. Rafa
  13. Nilson
  14. Flavio (1)
  15. Bruno
Tec: Terno

21 de junho de 2012

Favela joga contra o Santa Maria em SCS e inicia campanha pelo Jogodor Talles

O Jogo será realizado no sábado, as 15:30 em São Caetano do Sul

FAVELA X SANTA MARIA

Hora: 15:00 Sair

Campo: Tamoios em São Caetano do Sul.

Informo ainda que ajudaremos o TALLES:
  1. Estamos arrecadando valores para ajudar o nosso jogador Talles, que teve sua perna amputada, após, atropelamento.
  2. Em Agosto realizaremos nossa 1° festa sertaneja para também arrecar fundos para o Talles.
  3. Estaremos passando uma rifa de bolsa do Favela
  4. Entregaremos tudo a mãe do Talles, para que ela use como achar mas utíl.

13 de junho de 2012

Sabado 17/06 Favela x Montila em Diadema


O Esporte Clube Favela vai até Diadema - SP para mas um confronto amistoso pelo futebol de varsea.

Desta vez o adversário é o time do MONTILA, que é o caseiro.

O Jogo será realizado as 16 horas no campo do Bahia em Diadema -SP
A saída da Favela será as 15:30 horas.

MONTILA X FAVELA

SAIDA: 15:30

Local: CAMPO DO BAHIA - Diadema - SP

10 de junho de 2012

Grupo Poder da Mente: Viagem

Viage
http://soundcloud.com/bony-poder-da-mente/viage

Grupo do Parque Bristol, Zona Sul de São Paulo

Representa o Fundão do Ipiranga

Letras Inteligentes, bem versadas, objetivas

3 de junho de 2012

Éfeso - Na Fé de Jó


Manos nem vou comentar este video, minhas palavras seriam insuficientes para mostrar a alegria que tenho quando ouço letras com esta qualidade de idéias.

31 de maio de 2012

02/06 Favela x Comerciantes

O Favela vai a São Caetano do Sul enfrentar o time dos Comerciantes, e neste confronto, não temos boas lembranças, alias é jogar contra o time da casa, que é muito bom, ainda temos o desafio de ganhar do juiz.

Não sei porque, mas em alguns locais, o juiz não aceita que um time visitante vença o time da casa, e isso torna o jogo trucado, muito falado e só não sai confusão porque ainda tem times como o Favela, que sabe disputar uma partida em qualquer local ou situação. Mas é muito dificil voltar com a vitória pra vila.

Vamo que Vamo Favela nossa parte é jogar aquele futebol redondo, o resultado é consequência dos Fatos.

27 de maio de 2012

Favela x 7 de Setembro

Mas uma vez o Favela confirma em campo o seu favoritismo contra o time de São Caetano do Sul.
Jogando na casa do adversário, o Esporte Clube Favela deve ser o visitante mas indigesto do time 7 de Setembro, pois nunca houve um resultado desfavorável ao time do Favela.

Ontem não foi diferente, e o Favela jogando com: Nego, Farinha, Ronaldo, Nizio, Noio, Call, Talles, Beiço, Robinho. Toquinho e Binho, venceu mas uma parida pelo placar de 3 x 1.

Vamos que vamos Favela.

20 de maio de 2012

Favela vence por 2 a 0 o time do Estela

O Favela mas uma vez foi a Santo Andre para um confronto com o time do Estela, só que desta vez o jogo foi realizado no campo do Vila Nova, e com gols de Robinho e Bruno, o Favela saiu vitorioso.

Para que a partida fosse realizada, tivemos que fazer um esforço tremendo para garantir o transporte. Mas todo esforço valeu a pena e o time foi até Santo Andre com: Nhem, Farinha, Biro, Ronaldo, Ney, Call, Nizio, Talles, Robinho, Caique, Binho, Beiço,

15 de maio de 2012

FAVELA x ESTELA

Sabado dia 19/05

o Favela vai até São Bernardo do Campo
enfrentar o time do Estela.

A Saida para o jogo sera as Hs: 14:20
da Rua de Lazer da Favela.

Jogadores e Comissão, Favor levar o dindin da Mensalidade.

Temos que acertar a Liga e o restante do Tula.

29 de abril de 2012

Festa de 9 anos do EC FAVELA


Quem não colou perdeu, mas uma vez o EC Favela juntou toda a comunidade para comemoração da sua festa de aniversario.
A festa começou com a montagem dos brinquedos para as crianças, que se divertiram muito, saborearam um Cachorro Quente com refrigerante, cantaram, dançaram e declamaram poesias.

O Rap foi representado por Raphão Alafin, que tenho certeza, jamais sera esquecido por quem presenciou suas idéias trocadas com os presentes.

O Samba ficou por conta do grupo SÒ NO IMPROVISO, que fez o povo cantar em coro os melhores sambas de todos os tempos.

O Fórro foi aberto com a participação do RONALDO SHOW, e na seguida após muita idéia com os policiais que pediam para que a festa terminasse, entrou a BANDA ABELHA SHOW para fechar com chave de ouro a nossa 9 festa de aniversario.

Gostaria de aproveitar e agradecer além da Comunidade e dos colaboradores, Policia Militar, que mesmo com o nosso horario estourado, permitiu que o show fosse concluido, sem maiores problemas.




VALEU A TODOS

6 de abril de 2012

FESTA DE 9 ANOS DO EC FAVELA, MUSICA, FUTEBOL E CHURRASCO NA FAIXA

Dia 29/04 A PARTIR DAS 10 HS ATÉ AS 18 HS , SERÁ REALIZADA A 9° FESTA DE ANIVERSARIO DO EC FAVELA

NA RUA JOSE PEREIRA CRUZ. FAVELA PARQUE BRISTOL

SHOW COM BANDAS: FORRÓ, RAP, SAMBA

FUTEBOL FAVELA (A) X FAVELA (CATADÃO)

O CHURRASCO É NA FAIXA
PARA AS CRIANÇAS: ALGODÃO DOCE E CACHORRO QUENTE E REFRIGERANTE

A FESTA COMO SEMPRE SERA A BASE DO RATEIO FEITO NA COMUNIDADE COM OS MORADORES, JOGADORES, DIRETORIA, AMIGOS (AS).
OS VALORES JA ESTÃO SENDO ARRECADADO, E É VOCÊ QUE DECIDE QUANTO CONTRIBUIR.
· · · há ± um minuto

19 de fevereiro de 2012

O Favela bate o Time do São Gabriel por 3x1 na Pereirão



O Esporte Clube Favela foi a campo encarar o time do São Gabriel debaixo de um sol escaldante, o jogo foi bem disputada apesar do calor, a torcida correndo atras de um ligar a sombra,expulsões, caibras, mal estar e dores de cabeça também estiveram presentes na partida. Mas o bom mesmo em uma partida de futebol é ver a rede balanças e logo nos primeiros minutos, nosso jogador LANGO marcou com um belo chute de fora da área, uma pancada indefensável para o goleiro Ilton do São Gabriel.
O Favela continuava no mesmo ritmo e no finalzinho do 1º tempo novamente Lango ampliou o placar com outro chute de média distancia. Favela 2 x 0 São Gabriel.

No Segundo tempo tivemos a expulsão do nosso 2° volante Zé Roberto, resultando em um desgaste ainda maior para o EC Favela, e alguns minutos após a expulsão, o São Gabriel diminuiu o placar em bela jogada de linha de fundo, cruzamento forte rasteiro e gol.

O Favela ainda teve que substituir mas outros 2 jogadores, sendo o goleiro Nego que sofreu insolação e o meia Juninho que saiu sentindo fortes caibras sendo substituído por Binho. e Mesmo com 2 jogadores a mesmo o infernal LANGO novamente marca o terceiro gol dele a partida, em jogada de velocidade e contra ataque. Nos 15 minutos finais só deu São Gabriel, mas o Favela conseguiu na retranca evitar levar gols.
Placar Final Favela 3 x 1 São Gabriel
Parabéns Favela e São Gabriel pelo belo espetáculo apesar do Sol escaldante.